Quem sou eu

Minha foto
Amazônia, Pará, Brazil
Gestor Ambiental, Técnico em Pesca e Aquicultura, com experiência em pesca artesanal continental, estuarina e litorânea. Trabalhou no Departamento de Ictiologia do Museu Paraense Emílio Goeldi (convênio, FINEP/IBAMA/MPEG/CNPq); no Projeto de Manejo dos Recursos Naturais da Várzea, Sub Projeto Estatística Pesqueira, do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais do Brasil do Ministério do Meio Ambiente (conv. MMA/FADESP/UFPA); no Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM / WWF) e foi colaborador na Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Medicina e Segurança do Trabalho (FUNDACENTRO-Pará / Mistério do Trabalho e Emprego.). Atualmente é Extensionista Rural da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará – EMATER.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

REGIÃO DO SALGADO



A pesca na Região do Salgado

Por Nadson Silva Oliveira


Região do salgado é o nome dado para o conjunto de municípios do Nordeste Paraense que localizam-se no litoral paraense. Área dominada por mangue. É desejado pelos pescadores paraenses, maranhenses e cearenses, por apresentar o maior número de espécies nobres do litoral amazônico: Pescada Amarela, bijupirá, Dourado, Enchova, Cherne, Dentão, Cavala, Vermelho, Serra, Serigado, Mero, Ariacó, Cioba, entre outras. Esta zona pesqueira, situa-se, entre o município de Curuçá, na ponta do tijoca à Viseu, na foz do rio Gurupi no extremo norte do Maranhão. A pesca que aí ocorre é realizada basicamente por pescadores artesanais, cuja atividade pode ser definida em litorânea e costeira marinha, e pela frota do pargo / vermelho (Lutjanus purpureus), em Bragança.

A maior safra ocorre no final do inverno, entre os meses de junho e início de julho, no sul dessa zona. A espécie responsável pela grande parte da produção, é a pescada gó. Ao norte, no inverno, quando o Amazonas desloca as águas salobra para o leste do estado do Pará, é que se dá a maior importância comercial da pesca artesanal neste pesqueiro.

Os principais portos de desembarques encontram-se nos municípios de Bragança, Pirabas, Marapanim, Boa vista, Curuçá, Viseu e Augusto Corrêa.


Texto e Imagem: Nadson Silva Oliveira (Todos os direitos reservados/Resumo do texto principal/ ano 2005)

3 comentários:

  1. Olá tudo bem.....Gostaria de obter mais informações sobre o assunto. Ja pesquisei bastante e não consigo informações da Pesca Artesanal como as que encontrei nessa pagina (blog), como faço para ter contato com vc? estou indo para o Pará no proximo mes, e meu trabalho está todo relacionado ao assunto abordado no texto acima. Ha possibilidade de orientações?
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Com certeza.............meus contatos vc encontra aqui na pagina em anúncios e serviços.
    Obrigado pela visita na pagina.

    ResponderExcluir

POR QUESTÃO DE SEGURANÇA, ACESSO AS POSTAGENS/TEXTO COMPLETO DO BLOG SOMENTE POR SOLICITAÇÃO ATRAVÉS DO E-MAIL: nadsons@zipmail.com.br